RCB/TuneIn
Segunda, 21 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
IC8, IC6 E IC31 AT? 2013
O distrito de Castelo Branco ser? dos primeiros do pa?s a ver terminado o Plano Rodovi?rio Nacional com a conclus?o do IC8 e a constru??o, sem t?neis, do IC6, entre Covilh? e Coimbra, e do IC 31 que liga a fronteira de Espanha, em Monfortinho, a Castelo Branco. A garantia deixada esta manh? em Penamacor pelo secret?rio de estado das obras p?blicas.
Por Paula Brito em 20 de Oct de 2008

Outras da categoria:

Paulo Campos aponta o ano 2013 para ver o Plano Rodoviário Nacional (PRN) concluído em Castelo Branco "esse é o nosso objectivo o que fará de Castelo Branco um dos primeiros distritos a ver o PRN terminado".

Para alcançar esse objectivo o governo prevê concluir o IC8 e construir os IC´s 6 e 31. Relativamente ao IC6, que liga Covilhã a Coimbra, o traçado está escolhido e não inclui a construção dos túneis reivindicados pelos autarcas do maciço central. Segundo Paulo Campos "essa fase já passou, a fase agora é de executar, em 2009 contamos lançar o concurso". Quanto ao IC 31, que vai ligar Monfortinho a Castelo Branco, "a fase é de estudo prévio que deverá terminar no primeiro trimestre do próximo ano, altura em que contamos lançar a obra para estar terminada em 2012/2013.". O IC 31 corresponde a um investimento de 140 milhões de euros e abrange uma extensão de 57 quilómetros que ligam a fronteira de Espanha a Castelo Branco.

A calendarização destas obras foi feita pelo secretário de estado das obras públicas em Penamacor onde foi lançado o concurso para o projecto de requalificação da EN 346 que vai ligar Penamacor à A23. A obra, com uma extensão de 31 quilómetros, representa um investimento de 35 milhões de euros e deverá estar concluída no segundo trimestre de 2010. Segundo Luís Pinelo, das Estradas de Portugal, a obra está dividida em 2 fases "a primeira é o troço entre Capinha e Penamacor, num total de 16 quilómetros, que contempla o alargamento e rectificação de curvas e lombas do actual traçado", a segunda fase é a construção de uma variante "entre Capinha e o nó norte do Fundão, faremos um estudo de impacte ambiental e escolheremos a melhor solução".

Para o presidente da câmara municipal de Penamacor foi um dia importante para o concelho que reivindica a ligação do concelho à A23 há mais de seis anos "os primeiros contactos foram feitos em Abril de 2002" recorda Domingos Torrão, para quem esta obra é fundamental para "aproximar Penamacor".

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados