RCB/TuneIn
Sexta, 17 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
"SEDES" QUER APONTAR CAMINHOS PARA COMBATER A CRISE
Empreender √© a melhor maneira de fazer face √† crise. √Č esta a principal conclus√£o duma sess√£o debate promovida na universidade da Beira Interior pelo n√ļcleo distrital da Sedes, integrada na semana global do empreendedorismo que est√° a decorrer em v√°rias universidades do pa√≠s.
Por Nuno Miguel em 29 de Nov de 2011

Para além da apresentação de alguns exemplos de casos de sucesso, como a quinta dos termos ou o H2Otel, o responsável distrital da Sedes acredita que a realização destas iniciativas é fundamental para impulsionar o aparecimento de novos projectos inovadores. Próspero dos Santos refere que "a grande dificuldade da nossa região reside na mentalidade; temos de apostar duma vez por todas nas potencialidades que temos pois, doutra forma, não é possível dar resposta à crise que tanto nos preocupa". 

Na universidade da Beira Interior, o empreendedorismo vai continuar a ser uma das grandes apostas da instituição. Ana Paula Duarte, presidente do instituto coordenador de investigação, refere "já foi possível apoiar a criação de cinco empresas a partir da universidade e neste momento o nosso problema é falta de espaço para poder dar resposta às solicitações; há cada vez mais projectos que podem afirmar-se como spin-off´s e esse é um caminho importante para dar resposta à crise". 

Um dos problemas que os empreendedores enfrentam tem a ver com as dificuldades financeiras, sobretudo numa altura de crise, em que muitas vezes é recusado o apoio para o desenvolvimento de novas iniciativas.

Pedro Farromba, administrador delegado do Parkurbis, reconhece que "é necessário mudar mentalidades nesse sentido" e aponta o parque de ciência e tecnologia da Covilhã como um dos espaços que tem permitido criar novas iniciativas empresariais na região "todas as boas ideias de negócio que nos são apresentadas são avaliadas e, caso haja interesse, posteriormente podem ser apoiadas e levar à criação de novas empresas; já temos vários exemplos nesse sentido".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados