RCB/TuneIn
Domingo, 29 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
DEFESA DA ?GUA P?BLICA
A uni?o dos sindicatos do distrito de Castelo Branco (USCB) est? a efectuar uma campanha em defesa da ?gua p?blica. Ao longo da semana os dirigentes sindicais visitam quatro concelhos.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 14 de Oct de 2008

O objectivo é sensibilizar as populações para a defesa da água pública já que existe “uma grande ofensiva no sentido de entregar a privados a gestão pública”, refere José Alberto Batista, membro da direcção dos sindicatos dos trabalhadores da administração pública (STAL), para quem as pessoas “não estão ainda muito conscientes das consequências que podem advir da privatização”.

De acordo com aquele dirigente sindical, é inevitável o aumento das tarifas, alguém vai ter que pagar, e existe a possibilidade dos trabalhadores perderem direitos. A campanha começou ontem no Fundão, onde está em concurso público a concessão da exploração e gestão da água para consumo público e de drenagem de águas residuais no concelho. José Alberto Batista recorda a promessa feita pelo presidente da câmara municipal aos quinze trabalhadores do município no sector das águas “o presidente comprometeu-se a salvaguardar a posição de alguns trabalhadores que não quisessem ingressar na empresa”.  

Esta terça-feira a USCB promove acção idêntica na Covilhã, apesar de neste concelho o processo de venda de 49% da empresa Águas da Covilhã, estar encerrado “mas isso não implica que não continuemos a alertar as populações para a gravidade da medida que foi assumida pela CMC”, sublinha o sindicalista. 

Na quarta-feira a campanha prossegue em Castelo Branco, junto ao passeio verde, e domingo em Vila de Rei. Concelhos onde segundo o STAL “existem rumores que as câmaras vão privatizar a água em baixa


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados