RCB/TuneIn
Sábado, 06 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
DISTRITAL DE CASTELO BRANCO ? 2? JORNADA
A segunda jornada do distrital de Castelo Branco teve um desfecho que foi, sem quaisquer d?vidas, uma grande surpresa. O Oleiros venceu no Fund?o. Considerando que os fundanenses da Desportiva tinham anunciado que eram candidatos ? luta pela conquista do campeonato, esta derrota caseira poder? colocar algumas interroga??es sobre a valia do plantel.
Por José Joaquim Ribeiro em 28 de Sep de 2008
Para além desta evidente surpresa, também os resultados de Proença, Escalos e Lardosa, nos levam a admitir que afinal há clubes bem apetrechados e com vontade de fazer boa figura neste distrital.

No jogo do Fundão, que terá neste site a analise de quem viu o jogo, o que se pode dizer e reforçar é de que os fundanenses vão ter que ter outra postura se mantiverem como principal objectivo a luta pelo campeonato. O jogo deste domingo não foi brilhante e nem o excesso de juventude que iniciou a partida pode servir de desculpa para aquilo que acabou por acontecer. Naturalmente, é necessário dar mérito a quem o merece e o Oleiros, teve todo o mérito na conquista dos três pontos. Trata-se de uma equipa que João Paulo esta a trabalhar para se intrometer entre os melhores. Neste jogo Tomás apontou o golo que deu os três pontos ao clube da zona do Pinhal.

Em Proença a equipa da casa goleou outra das equipas que partiu para este campeonato com o objectivo de ficar entre aqueles que depois vão lutar pela subida. O Vitória de Sernache, provavelmente, ainda está para perceber como foi possível dar quatro golos de vantagem ao seu adversário ! O Proença marcou logo aos 13’, por Jorge Ribeiro, aumentou a conta aos 17’, por Acácio, aos 30’ foi Nuno Alves a fazer o terceiro e aos 43 Jorge Ribeiro voltou a marcar, fazendo o 4-0. Com este resultado ao intervalo António Joaquim pouco podia fazer para que a sua equipa conseguisse dar a volta ao marcador, no entanto, a equipa de Cernache do Bom Jardim lá se recompôs e conseguiu reduzir para 4-2, com golos de Rui Domingues e Paulo Alves, este já em período de compensações.

No Estreito a equipa de António Belo fez vingar o factor casa e derrotou o Pedrogão por 1-0, com o golo a ser apontado aos 48’, por intermédio de Edmilson, no entanto, a equipa de Pedrogão foi aquela que dispôs da primeira grande oportunidade, por intermédio de Navarro, à passagem do quarto de hora de jogo. O Águias do Moradal acabou por justificar a vitória na partida.

Em Alcains o CDA ainda passou por algumas dificuldades na primeira parte mas depois, com o seu adversário reduzido a 10 unidades soube construir um resultado volumoso e que foi justificado pelo que fizeram na segunda parte. O Alcains abriu o activo, por Ricardo Costa, aos 16’, todavia, Amounik, à passagem do minuto 35, conseguiu empatar o encontro, mantendo esse resultado até ao intervalo. Na segunda parte e logo no 3º minuto, tudo se virou a favor do Alcains. Num lance rápido um jogador do Vilarregense agarrou Ricardo Costa quando este já seguia sozinho para a baliza, o clube de Vila de Rei ficou a jogar com dez e o Alcains aproveitou para marcar o 2-1. No minuto imediatamente a seguir, Manoel, que tinha feito o segundo, facturou também o terceiro da sua equipa, dando desde logo uma vantagem confortável para o resto do encontro. Como a superioridade era enorme, o CDA ainda haveria de aumentar a conta com a obtenção de mais dois golos, um de Ricardo Costa e outro de Vieira.

Na Lardosa, onde pontifica muita juventude, a equipa da casa venceu o Valverde por 2-1, virando um resultado que começou por lhe ser adverso, desde o minuto 36, por ocasião do golo que Flávio apontou para a sua equipa, o Valverde. Na segunda parte tudo se modificou e Vitínho, um jovem saído da equipa de juniores da Desportiva do Fundão, apontou o primeiro aos 53’, fazendo o empate e, dois minutos depois, fez o segundo dando, desse modo, a reviravolta no marcador e contribuindo para a conquista dos primeiros três pontos para a Lardosa.

Em Escalos de Cima, outro dos jogos que vai ter analise de quem viu o jogo aqui no site da RCB, a formação da casa não se conseguiu desenvencilhar da equipa que Mário Pereira comanda. O Teixosense adiantou-se no marcador, através de uma grande penalidade, apontada com êxito, por Hélder Morais, aos 42’ e consolidou o triunfo aos 85’, com um golo de Tiago.

Após a segunda jornada Alcains e Teixosense são os lideres, com seis pontos, seguindo-se Proença e Águias do Moradal com quatro.

Na próxima jornada destaque-se o jogo de Cernache, entre Vitória e Alcains e também o Vilarregense – Fundão e Pedrogão de S. Pedro – Oleiros.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados