RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
BENFICA E C.BRANCO 1 CALDAS 1
Empate ajusta-se
Por José Joaquim Ribeiro em 26 de Aug de 2007

Árbitro – Rogério Ribeiro auxiliado por Pedro Gorjão e João Pereira do C. Arbitragem de Santarém

Benfica – Hélder Cruz , Gil , Tarzan , Nuno Marques (Milton aos 67) , Daniel Fernandes (Tiago Marques aos 65), Miguel Vaz , Ricardo Viola (Cristophe aos 65), Trindade, Ricardo António(cap.), Célio e João Peixe

Treinador - António Jesus

Disciplina – Cartão amarelo a Trindade aos 63 Golo - Célio aos 25`

Caldas – Hugo Pinheiro, Miguel Piedade, Marco Pidocha (Bruno Francisco aos58) , Miguel Guerra , Armando(cap.)(Fábio Sabino aos 13) , Cláudio , Rodilson (Miguel Andrade aos 46), Filipe Correia , Ismael , Vasco e Guilherme

Treinador – João Sousa

Disciplina – Cartão amarelo a Bruno Francisco aos 81 , Cláudio aos 86 e Hugo Pinheiro aos 90

Golo – Ismael aos 63 (G.P.)

Expectativas elevadas neste jogo , visto que se defrontavam os dois primeiros classificados da série D da 3ª divisão da época passada .

A equipa albicastrense entrou melhor na partida , ganhando algum ascendente e, fruto disso conseguiu mesmo adiantar-se no marcador . Decorria o minuto 25 quando Célio, pleno de oportunidade, recarregou com êxito uma bola devolvida pela defensiva forasteira após um primeiro remate de Ricardo Viola . A obtenção deste golo tranquilizou a turma de António Jesus que passou então a dominar claramente o seu opositor , embora sem lances de golo iminente .

Para a segunda metade o Benfica entrou demasiado expectante , permitindo a reacção adversária e consequentemente a aproximação mais assídua , junto à sua área . O lance que determinou o desfecho do encontro aconteceu aos 63 minutos , quando numa disputa de bola entre Trindade e um adversário , com queda deste, o árbitro entendeu ter existido infracção por parte do jogador da casa , assinalando de imediato a marca de grande penalidade . Ismael , o melhor jogador forasteiro , chamado à conversão, não perdoou restabelecendo a igualdade no marcador .

O Benfica acusou demasiado este golo e pouco depois, o mesmo jogador, com um remate à meia volta, levou a esférico a embater estrondosamente na barra da baliza de Hélder Cruz . Sorte neste lance para os donos do terreno que só voltariam a ser superiores ao seu opositor nos minutos finais da partida , e aos 87` o golo da vitória esteve perto de acontecer mas Milton rematou ligeiramente ao lado após solicitação de Célio do lado direito do seu ataque. Já em período de compensações a turma albicastrense reclamou pénalti por pretenso corte do esférico com a mão , mas o árbitro nada assinalou , pelo que , o empate não seria desfeito .

João Perquilhas

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados