RCB/TuneIn
Sábado, 07 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHOCALHOS MOVIMENTAM UM MILH?O DE EUROS
Um milh?o de euros ? o impacto que tem a realiza??o dos Chocalhos na economia local. As contas s?o do vice presidente da autarquia fundanense, feitas no decorrer da confer?ncia de imprensa de apresenta??o da edi??o deste ano do Festival dos Caminhos da Transum?ncia que se realiza de 16 a 18 de Setembro em Alpedrinha.
Por Paula Brito em 30 de Aug de 2011

Durante três dias são esperados, pelo menos, 30 mil visitantes em Alpedrinha. Paulo Fernandes dividiu o número por dois, para apurar o número de famílias a ter em conta "imaginemos 15 mil famílias com um consumo médio de 25 euros, e estaremos a falar do impacto directo de consumo no certame, se a isto acrescentarmos a estadia de três dias, uma vez que sabemos que a restauração no concelho está esgotada nesse fim de semana, estaremos a falar de um impacto de um milhão de euros na economia local e concelhia".

A edição deste ano vai bater todos os recordes de expositores, cerca de uma centena, e de grupos de animação, cerca de três dezenas. Mais do que a quantidade, o autarca destaca a qualidade que está a ser exigida aos expositores para manter a identidade dos Chocalhos "mais do que a quantidade que queremos estabilizar nestes valores, importa salientar a qualidade para mantermos a essência  dos Chocalhos e não sermos vítimas do seu sucesso".

No que diz respeito à restauração uma das exigências do regulamento é que o vinho "Alpedrinha" da Adega Cooperativa do Fundão seja um dos vinhos obrigatórios. E apesar de não constar do regulamento, a perdiz de Alpedrinha em molho de escabeche vai ser um prato recomendado "apesar de não constar do regulamento vamos pedir à restauração para confeccionar este prato e provarmos que a perdiz afinal não fugiu de Alpedrinha" acrescenta Júlio Correia. O presidente da junta de freguesia de Alpedrinha anuncia ainda a realização de dois concursos "para premiar a melhor peça de artesanato como em anos anteriores mas este ano vamos também premiar o esforço dos expositores com um prémio para a tasquinha melhor decorada".

Outra das novidades da edição deste ano dos Chocalhos é a criação de um parque de taxis, o reforço do número de autocarros do Fundão para Alpedrinha e vice versa e o preço da viagem que deixa de ser gratuita para custar um euro.

A segurança e a limpeza são outras das apostas dos Chocalhos 2011 que têm um percurso circular entre Sto. António e a casa do Pátio para facilitar a mobilidade. 

Os concertos serão no largo do chafariz: Andarilhos e Roncos do Diabo animam a primeira noite, Baile pés no chão e o grupo Contradições na noite de sábado, para além da animação permanente das ruas.

A edição deste ano tem custos na ordem dos 30 mil euros e é comparticipada em 70% pelo Prover. Os restantes 30% são assegurados por um patrocinador e outras receitas inerentes à realização do certame. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados