RCB/TuneIn
Quinta, 22 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
TEATRO MUNICIPAL DA COVILH? DEVE SER INAUGURADO EM 2014
Na ?ltima reuni?o da assembleia municipal foi aprovada por unanimidade a proposta da autarquia para a aquisi??o do actual teatro cine. O im?vel posteriormente vai ser requalificado e o custo da interven??o ronda os 6 milh?es de euros.
Por Nuno Miguel em 20 de Jul de 2011

Embora considere que se trata de um "bom negócio" o líder da bancada do PS, Carlos Casteleiro, quis saber qual a forma de financiar a compra e a posterior requalificação do teatro "sabemos que os tempos actuais não são fáceis e por isso queremos saber de que forma a câmara municipal vai suportar o custo desta intervenção".

Também o eleito do Bloco de Esquerda votou a favor desta proposta. António Manuel Pinto espera que "este passo permita democratizar o acesso à cultura no concelho da Covilhã e que todos os agentes culturais possam encontrar um espaço para o desenvolvimento das suas actividades e que o teatro não fique apenas à disposição de companhias e entidades de renome".

Na resposta o presidente da câmara da Covilhã garante que a autarquia dispõe da parte própria para comparticipar os trabalhos "são cerca de 900 mil euros" mas em breve vai pedir apoio ao novo secretário de estado da cultura "já pedi a marcação duma audiência tendo em vista analisar essa situaçãom pois eu gostava muito que as obras se pudessem iniciar já no próximo ano".

O ante projecto já está a ser elaborado e Carlos Pinto garante que "na semana de 20 de Outubro a maquete já vai ser apresentada à cidade". Nesta reunião da assembleia municipal o autarca apresentou algumas das principais características do novo teatro municipal da Covilhã "vai ter uma capacidade máxima para 600 lugares podendo subdividir-se em duas salas com 200 lugares, vai ter uma sala estúdio para os agentes locais e estou convicto de que se trata dum excelente negócio para a cidade".

Para além da sala de espectáculos a autarquia adquire também 2 espaços contíguos, onde funcionavam uma residencial e uma agência de viagens.Um espaço onde o autarca pretende recrear o antigo “Café Montalto”; "seja com esse nome ou alguma variante a ideia da câmara é poder recuperar esse espaço de convívio no centro da nossa cidade".

O contrato de compra do teatro vai agora ser remetido à apreciação do tribunal de contas. Se não existir qualquer entrave, a escritura pública pode ser assinada a 20 de Outubro, nas comemorações dos 141 anos de elevação da Covilhã a cidade.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados