RCB/TuneIn
Sábado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
DESFECHO COM SABOR A INJUSTI?A
Frente a uma equipa de segunda divis?o, a equipa da Atalaia do Campo, nunca foi inferior no jogo e como pr?mio merecia pelos menos chegar ?s grandes penalidades.
Por César Duarte Ferreira em 31 de Aug de 2008

Um jogo que nos primeiros minutos trouxe um Santana muito crescido, a ocupar melhor os espaços e com a sua frente de ataque a provocar muitos calafrios na defesa da Atalaia. E foi num lance infeliz de Gelson, que foi inaugurado o marcador, uma intercepção falhada, permitindo que a bola chegasse a David, que foi derrubado em plena grande área pelo guarda-redes Hugo Pereira. Chamado à conversão Gonçalinho esteve irrepreensível e inaugurou o marcador.

Após este lance, a Atalaia do Campo tomou conta do jogo e começou a criar mais lances de perigo. Aos 30 minutos e após solicitação de Cláudio, Usher no coração da área atira à trave, três minutos depois, a defesa da tarde de Marco a livre de Pedro Dias. O guarda-redes madeirense, esteve mais uma vez em destaque ao negar o golo a João Mateus.

A justiça no marcador, chegou ao cair do pano desta primeira parte quando servido por Ucher, Cláudio no coração da área atirou para o fundo da baliza madeirense.

Igualdade a uma bola com o que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, o jogo transfigurou-se. O futebol tornou-se mais rendilhado, muito trapalhão e a qualidade do jogo decresceu bastante. Apenas um lance de real perigo, e para o lado da Atalaia do Campo com uma bola à trave de Sérgio Garcia na ressaca de um pontapé de canto, aos 88 minutos.

Com a igualdade não foi desfeita, o jogo seguiu para prolongamento. O conjunto orientado por Paulo Serra quebrou fisicamente e as melhores oportunidades pertenceram à equipa madeirense. Na primeira parte ao minuto 12 uma bomba de Luís Aurélio embate na trave e na segunda parte ao cair do pano chega o tento que decide a partida. Jogada onde parece haver falta de Luís Aurélio sobre um defesa da Atalaia do Campo, este serve David que empurra para dentro da baliza.

Estava assim decidido este encontro, com algum toque de injustiça, pois pela forma que a equipa da atalaia se bateu perante uma equipa da segunda divisão, merecia como prémio chegar pelos menos às grandes penalidades.

 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados